— Grupo de pesquisa "Jovens/Juventudes"

Um mundo mais cego

jose-saramago
No meio do bombardeamento de notícias, propagandas, promoções, etc etc sobre a Copa 2010, me deparo com a mais triste de todas: o falecimento nessa sexta-feira (18/06) de José Saramago, conhecido escritor de uma das obras mais sensacionais da literatura que o mundo teve a oportunidade de conhecer: Ensaio sobre a cegueira.

 

 

 

Para quem já leu alguma das obras de Saramago, ganhou não só a novidade de sua escrita (particularmente a considero muito não convencional, em que é preciso prestar atenção pra identificar falas da descrição), mas um conhecimento de vida.
Para aqueles que tiveram a oportunidade de ler Ensaio sobre a cegueira (ou ainda estão lendo, como eu) ou pelo menos viram o filme, lançado em 2008, provavelmente ficam sem palavras diante de tamanha genialidade ao trabalhar com essa cegueira branca, que envolve toda a moralidade de nossas vidas, que vai lá no mais profundo dos valores na alma humana.
Depois desse livro, não há como ficar apático a realidade, de fato, você verá o mundo de outra forma. Assim, precisamos ver que a bondade e o respeito necessitam caminhar conosco diariamente, para não nos rendermos a um mundo caótico, que privilegia o instantâneo e as falsas necessidades.
Depois de hoje, como disse o cineasta Fernando Meirelles: “O mundo ficou mais cego hoje”.
Post: Débora Nazari